Rivera > Blog > Móveis Colaborativos > Ambientes colaborativos – tendência para inovação do seu negócio
ambientes-colaborativos

Ambientes colaborativos – tendência para inovação do seu negócio

13 de março de 2019

Cada vez mais comum nas corporações, os espaços colaborativos são tendência nos novos espaços de trabalho e podem contribuir de forma significativa para o desenvolvimento do negócio de sua empresa.

Muito mais que proporcionar o compartilhamento de equipamentos, de espaço físico e recursos (como energia elétrica e internet), os ambientes colaborativos impulsionam a cooperação, a cocriação, a interação e a troca de ideias entre diferentes profissionais.

 Ao investir neste modelo de operação, a troca de ideias e criação de novos conceitos estão constantemente sendo estimuladas e, portanto, esses ambientes se tornam importantes espaços para a inovação – um dos termos mais valorizados no empreendedorismo que proporciona uma vantagem competitiva em relação à concorrência.

Pensar no mobiliário que atende essa nova forma de trabalho é algo imprescindível. Neste sentido, atenta às novas tendências, a Rivera disponibiliza ao mercado a Linha Collab, inspirada na interação e na mobilidade das pessoas nos ambientes colaborativos. Seu design contemporâneo e arrojado permite flexibilidade e versatilidade na composição dos ambientes e disposição do mobiliário.

Selecionamos 05 práticas importantes para que sua organização ofereça um ambiente colaborativo:

1. Incentive a colaboração – Incentive a interação e troca de ideias entre a equipe. Se os funcionários estiverem proibidos de fazer isso, será difícil criar um ambiente colaborativo em sua organização. Crie esse hábito em sua empresa, estimulando a cooperação entre as pessoas.

2. Desenvolva a cultura de inovação – Valorize e incentive as novas ideias entre os funcionários, dando liberdade para que eles possam inovar. Estar fechado a essas contribuições pode fazer a empresa perder oportunidades de melhorar, tanto em relação aos produtos e serviços, quanto aos processos produtivos.

3. Implante espaços diferenciados – O ideal é que a organização tenha vários ambientes que possam ser destinados a atividades diferentes: sofás, bancos, mesas e quadros brancos, por exemplo. Tenha em mente que cada funcionário tem suas preferências e, quanto mais oportunidades ele tiver de estar em um ambiente confortável, mais motivado ficará. Crie espaços diferenciados, permitindo a colaboração e a otimização do trabalho em situações distintas.

4. Crie ambientes desenhados para equipes – Além de criar espaços variados na empresa, pense em um design que favoreça o trabalho em equipe. É fundamental ter áreas comuns que permitam dinâmicas de grupo, troca de ideias e discussões produtivas entre os profissionais. Um dos fatores fundamentais é a criação de espaços amplos e sem divisórias, pois eles permitem o diálogo entre os colaboradores. Nem mesmo o líder precisa ficar em uma sala separada. Para propiciar um ambiente colaborativo, quanto menos paredes, melhor.

5. Trace objetivos comuns – A criação de objetivos comuns engaja o time em apenas uma causa, o que aumenta a colaboração entre os profissionais. Crie metas claras para que todos cooperem para atingi-las. Combinada às outras medidas, a elaboração de objetivos comuns contribui para o desenvolvimento de um ambiente colaborativo de trabalho.

Se seu foco é trabalhar em uma organização inovadora e produtiva, essas ideias podem auxiliar de forma significativa na nova cultura do seu negócio. Curta e compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.